Compartilhe essa página

Qual o melhor material para móveis planejados?

Agora que você já sabe quais os tipos de madeira existentes no mercado e quais são mais utilizados para a fabricação de móveis, que mostramos no post Você tem um móvel de qualidade?, mostraremos aqui qual o melhor material para móveis planejados.

Para os móveis planejados utiliza-se usualmente o MDF e o MDP e mudam basicamente entre si somente por conta de sua densidade.
O MDF nada mais é, como já explicamos anteriormente, do que um painel de partículas de média densidade e que colando esses painéis uns aos outros, formam a placa de MDF.
Já o MDP é uma placa de fibra de média densidade, formadas por partículas de madeira aglutinadas em duas camadas finas. 

 

Simplificando de forma curta e grossa, o MDP, como é menos denso, é mais utilizado em portas, gavetas e prateleiras, pois não racha quando aparafusado ou pregado e o MDF, como recebe melhor os revestimentos e é possível fazer formas mais sinuosas com ela, é mais utilizada para fazer a parte externa, para a caixa dos armários.

Mas para que você entenda melhor cada tipo e possa saber se o seu móvel será de qualidade, explicaremos mais detalhadamente cada uma delas.

MDF

Veja as vantagens e desvantagens do uso de MDF para os móveis planejados:

  • Mais caro que o MDP.
  • É maleável e permite formação de curvas e outras formas mais complexas.
 
 
  • Devido à prensa em altas temperaturas, matam-se todos os cupins que poderiam estar nessas partículas.
  • Material menos poroso com bom acabamento para pinturas.
  • Sua superfície é homogênea e, portanto, permite fazer cortes em todos os sentidos, porque não possui fibras.
  • O revestimento em laca fica melhor na superfície lisa do MDF.
  • O MDF verde é hidrorrepelente e próprio para ambientes molhados, como cozinhas e banheiros.
  • Recebe bem o laminado.

MDP

Veja as vantagens e desvantagens do uso de MDP para os móveis planejados:

 

  • Mais utilizada para fazer linhas retas, como prateleiras, gavetas e portas.
  • Devido à prensa em altas temperaturas, matam-se todos os cupins que poderiam estar nessas partículas.
  • Resistente a rachaduras de parafuso e prego, sendo mais bem utilizado para montagem e desmontagem dos móveis, sem estragá-los.
  • Absorve mais tinta, mas dependendo do caso, pode ser o melhor material para receber pintura.
  • Resistente à umidade, mas não à prova d’água.
  • Recebe bem o laminado. Por isso, mesmo não sendo à prova d’água, se for bem revestido com o laminado nas cozinhas e banheiros, não haverá problema. 

Envie sua planta e faça um breve descritivo de quais ambientes deseja orçar.

Deixe seus contatos válidos que nossos consultores entrarão em contato. Faça um orçamento
 

Acabamentos para móveis planejados:

Os acabamentos mais utilizados para os móveis planejados são o laminado, o vidro, a laca e o metacrilato e o tamponamento.
  • Laminado de baixa pressão, mais chamado no ramo como melamínico de BP: tem menor resistência a abrasão, não sendo então muito utilizado em tampos de mesa e armários de cozinha. O laminado é um papel decorativo que contêm resina na sua superfície e que é prensado em altas temperaturas com a placa de MDF ou MDP.
 

  • Laminado de alta pressão, conhecido também como fórmica: mais resistente que o melamínico de BP e só difere dele na sua prensagem e temperaturas superiores, além de algumas camadas de papel Kraft entre o mesmo papel decorativo utilizado para o melamínico de BP e o painel, para trazer mais resistência à umidade, à abrasão e à impactos, recomendado então para banheiros e cozinhas.
 
 

  • Vidro: mais utilizado em portas e gavetas para trazer um ar mais moderno ao ambiente e facilitar na hora da limpeza. Existem em diversas cores e desenhos e pode ter tanto o acabamento fosco quanto o brilhante.
 

  • Laca: melhor aparência para acabamento, pois deixa a superfície bem lisa. É necessário pintar, secar e fazer o polimento depois, bem parecido com as pinturas automotivas. Por ser um processo mais demorado, é também mais caro, mas dá uma aparência impecável ao móvel. O único porém dele é que risca mais facilmente, então cuidado ao utilizar em bancadas e nas cozinhas.
  • Metacrilato: lembra o acabamento em vidro ou laca, mas muito mais resistente. Dá uma aparência lisa e de alto brilho. É um polímero termoplástico, da família do acrílico, daí o super brilho. É um material fácil na hora da limpeza, pode ser polido, não mancha e nem perde sua coloração. O metacrilato pode vir transparente, para ser utilizado em divisórias e gavetas internas.
 

  • Tamponamento: deixa qualquer móvel mais elegante. É como se houvesse uma borda por fora da caixa do armário, que pode ter o mesmo revestimento do armário em si ou outro diferente, para dar destaque a essa borda. Lembrando que esse tamponamento não deixa o armário mais resistente. É uma questão mais de estética do que de resistência.
 

FERRAGENS

É a parte mais cara do orçamento e que aparentemente não fará diferença alguma e por isso, muitas pessoas não se importam com esse item. Mas as ferragens precisam ter mais atenção sim, pois fará diferença no dia-a-dia e com o tempo também. Melhor gastar um pouco mais agora do que ter puxadores ou trilhos que estão sem cor ou emperrando.

Converse com o seu vendedor e peça para que mostre ferragens que tenham um bom custo-benefício.

Preste atenção na hora de escolher as ferragens para móveis planejados:

  • Puxadores: escolha aqueles que não sejam de plástico com pintura em alumínio, pois com o tempo, o desgaste do abrir e fechar de portas e gavetas, poderá descascar ou manchar essa pintura. Escolha um que já seja de alumínio por inteiro.
  • Trilho telescópico: para aproveitar mais a profundidade toda da gaveta, melhor optar pelo trilo telescópico, pois ele permite abertura de praticamente 100% das gavetas.
  • "Stop” nas portas e gavetas: para que a dobradiça do seu móvel não venha a desgastar como tempo com o bater de portas e gavetas, opte por colocar "stops” nelas, pois assim você pode fechá-las e esses "stops” não deixarão que elas batam, ou seja, fecharão mais lentamente.

Agora que você já sabe quais materiais mais utilizados para se fazer um móvel planejado, fique atento à qualidade e custo-benefício dos materiais para não entrar em nenhuma furada. Tire todas as suas dúvidas com o vendedor e tenha os móveis dos seus sonhos! 

Preparado para escolher entre MDF e MDP? Fale com a Premium Planejados clicando aqui e escolha o melhor móvel para o seu orçamento!

Compartilhe essa página

Deixe seu comentário