Compartilhe essa página

O que fazer com os móveis planejados na mudança

Ter que mudar de casa gera muitas preocupações e ficar estressado é bastante comum, principalmente quando você tem ambientes planejados. Afinal, muitas pessoas acreditam que é impossível reaproveitar os móveis feitos sob medida em um novo lar.
 
Mas, isso não é verdade, viu? Se você ainda tem dúvidas do que fazer com os móveis planejados na mudança, hoje você vai ter razões de sobra para se sentir aliviado, já que não vai ser necessário abrir mão de tudo que você construiu com muito esforço e carinho, a menos que você deseje criar um novo projeto.
 
O que fazer com os móveis planejados na mudança
 
Outro ponto interessante é que se você pretende alugar a casa antiga, é possível deixar tudo como está e valorizar muito mais seu imóvel. Assim, será mais fácil achar alguém que não queira ter trabalho para mobiliar o espaço. Ele vai encontrar tudo pronto e pagará um pouco a mais pela comodidade. 
 
De uma forma ou de outra, reaproveitando o que você já tem ou deixando para o inquilino usufruir, você terá vantagens. E isso só reforça a ideia de que é um excelente negócio investir em móveis planejados, mesmo que mais para frente você se depare com o desejo ou necessidade de mudar e trocar de endereço.

O que fazer com os móveis planejados na mudança?

O que fazer com os móveis planejados na mudança 
 
1. O primeiro passo para reaproveitar os moveis planejados na mudança é tirar as medidas do espaço que irá receber as peças e ver a melhor forma de encaixá-los nessa nova estrutura.
 
2. Feito isso é hora de pensar nas adaptações que devem ser feitas, afinal, esses móveis foram pensados para um espaço diferente do atual. Talvez você tenha que abrir mão de uma peça ou outra ou incluir novos módulos ao projeto.
 
3. Não faça isso sozinho, conte com ajuda da empresa na qual você adquiriu seus móveis planejados. Se você efetuou a compra em menos de dois anos, talvez você ainda encontre a linha que você escolheu ou algo similar.
 

Envie sua planta e faça um breve descritivo de quais ambientes deseja orçar.

Deixe seus contatos válidos que nossos consultores entrarão em contato. Faça um orçamento
 
4. Se a casa nova contar com um espaço mais amplo, com certeza você vai precisar acrescentar itens novos para equilibrar o ambiente. A grande vantagem é que você não terá que desembolsar muito dinheiro.
 
 
5. Agora, se a diferença de tamanho for pouco perceptível, vai ser muito mais fácil reaproveitar os móveis planejados da mudança. Inclusive, algumas pessoas optam por casas que tenham uma estrutura e divisão parecidas.
 
6. Outra possibilidade é contratar um marceneiro da sua confiança para cortar laterais e ajustar os móveis de acordo com as suas necessidades. Fazendo isso você não perde o móvel e ainda consegue dar uma nova cara para ele.
 
7. Para não ter prejuízos na hora de desmontar os moveis planejados na mudança, siga rigorosamente as instruções na ficha técnica. Se possível, peça instruções ao fabricante para que suas características sejam preservadas.
 
8. Acompanhe o processo de montagem na casa nova de perto para garantir que as peças não sejam riscadas e danificadas. Se necessário, troque algumas lâminas de proteção e/ou revestimentos.
 
9. Para assegurar maior conservação dos móveis planejados na mudança, providencie a lubrificação das dobradiças, corrediças, polimento das superfícies e limpeza completa dos móveis.  
 
10. Por fim, saiba aproveitar a funcionalidade e praticidade dos móveis planejados. Com cuidado diário, você os terá com aparência de novos por muito mais tempo, pode ter certeza. 
 
Gostou de saber o que fazer com os móveis planejados na mudança? Se enjoar ou perceber que eles não combinam com a nova casa, não tem problema. Se planeje para dar início a um novo projeto. Afinal, mudar também pode ser bom!

Compartilhe essa página

Deixe seu comentário